Se você ama unir economia e direção, e está pensando em comprar um veículo? Então, precisa ler primeiro este artigo e descobrir quais são os carros mais caros para consertar em 2023.

Assim, dessa maneira, você conseguirá analisar se o automóvel cabe, realmente, no seu orçamento, ou se vale a pena trocar de veículo.

Por isso, para te ajudar, fizemos uma lista com os 5 carros mais caros para consertar em 2023. Confira!

Publicidade

Afinal, quais são os 5 carros mais caros para consertar em 2023

5 carros mais caros para consertar em 2023 ( Imagem: Freepik)
5 carros mais caros para consertar em 2023 ( Imagem: Freepik)

Toyota Corolla

Em primeiro lugar na nossa lista temos o Toyota Corolla, que é um sedã médio bastante popular em todo o mundo, incluindo no Brasil.

Nesse sentido, de acordo com o Índice de Manutenção Veicular (IMV) do Cesvi Brasil, o modelo pode ser um pouco problemático na hora de fazer reparos.

Isso porque, o Corolla recebeu 54 pontos dos 60 possíveis no ranking do IMV, tornando-se um dos modelos seminovos mais caros para reparar.

Citroën C4 Lounge

Em segundo lugar na nossa lista, temos ainda o Citroën C4 Lounge, que recebeu uma pontuação de 58 pontos pelo Cesvi Brasil.

No entanto, o sedã médio foi descontinuado em 2020, ou seja, apenas dois anos após uma reestilização.

Vale destacar que o C4 Lounge foi lançado no mercado brasileiro em 2013, logo após o sucesso do C4 Pallas nos anos anteriores.

Publicidade

Nesse sentido, é bom destacar que o veículo estava disponível com um motor 2.0 aspirado, que produzia:

  • 151 cv de potência e
  • 21,7 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão automática de seis marchas.

Por outro lado, a versão mais desejada, tinha um motor 1.6 turbo com capacidade de entregar 173 cv de potência e 24,5 kgfm de torque, também equipado com uma transmissão automática de seis marchas.

Jeep Renegade

Em terceiro lugar, temos um dos modelos mais amados, mas também um dos mais caros em termos de manutenção, o Jeep Renegade. Afinal, ele recebeu uma pontuação de 54 pontos no ranking do IMV do Cesvi Brasil.

O modelo que foi lançado em 2015 já passou por dois facelifts em 2018 e 2022, mas o balanço da entidade considera o veículo apenas até o ano de 2020 e figura em nossa lista com destaque.

Fiat Palio

Em seguida, temos também o Fiat Palio da última geração, que recebeu a pontuação máxima do ranking do Cesvi Brasil entre os hatches compactos, com 60 pontos.

Isso porque, essa avaliação considerou a geração mais recente do modelo, que esteve em linha até 2020.

Nesse sentido, o Palio foi oferecido com três opções de motorização:

Publicidade
  • motor 1.0 de 75 cv e 9,9 kgfm de torque nas versões de entrada,
  • um motor 1.4 de 88 cv e 12,4 kgfm de torque nas versões intermediárias, e
  • motor 1.6 de 117 cv e 16,8 kgfm de torque na versão topo de linha.

Caoa Chery Tiggo 2

Por fim, temos a relação com um outro carro que já encerrou suas atividades no país, que é o Caoa Chery Tiggo 2. Afinal, ele recebeu 60 pontos do Cesvi.

No entanto, a fábrica de Jacareí (SP) não monta mais o modelo desde o ano passado. Vale destacar que Tiggo 2 foi comercializado no Brasil com motor 1.5 flex que alcança 115 cv de potência e 14,9 kgfm de torque.

Além disso, ainda foi vendido também tanto no câmbio manual quanto automático.

Veja também: Joaquin Phoenix e Lady Gaga aparecem como Coringa e Arlequina em foto

Dessa forma, agora que você sabe quais são os carros mais econômicos, é só seguir essas dicas e aproveitar!

Continue navegando com a gente!